Dor nas costas no trabalho: que soluções?

Posturas ruins, ações inadequadas … Muitas pessoas sofrem de volta ao trabalho. Essas dores nas costas, algumas das quais relacionadas aos famosos distúrbios musculoesqueléticos, são sempre agravadas pelo estresse. Um fator que as empresas estão apenas começando a levar em conta.

Os distúrbios musculoesqueléticos (MSDs) são, de longe, a principal causa de doença ocupacional na França. Essas doenças articulares, tendinites e outras lombalgias afetaram quase 37.000 pessoas em 2008. E, novamente, esse número não leva em conta dores nas costas e dores no pescoço que não são reconhecidas como doenças ocupacionais.

O estresse envolvido

A maioria desses TMS está relacionada a posturas inadequadas ou gestos inadequados. E eles são sempre agravados pelo estresse. “Três elementos são sistematicamente encontrados em todas as patologias que cobrem esses distúrbios: a intensificação do trabalho com a falta de tempo de recuperação, a pressão cada vez mais forte e, finalmente, a falta de apoio da hierarquia e dos colegas”, diz. Prof. Alain Chamoux, Chefe de Saúde, Trabalho e Meio Ambiente do Hospital Universitário de Clermont-Ferrand. Algumas empresas, diante de paralisações repetidas, estão começando a levar em conta esse fator de estresse.

Reorganize o trabalho e alivie o estresse

Para lutar contra a dor nas costas no trabalho, é necessário agir em todos os parâmetros que a favorecem. As recomendações, portanto, dizem respeito não somente às posturas, mas também à adaptação de máquinas e à organização do trabalho, uma fonte potencial de estresse. “Sempre encontramos soluções, desde que a gerência as aceite”, diz o professor Chamoux, chefe do departamento de saúde, trabalho e meio ambiente do Hospital Universitário de Clermont-Ferrand.

Conheça também o remédio para dor nas costas que esta acabando com as dores dos brasileiros.

“Em uma empresa de manipulação onde os funcionários sofrem muita dor lombar, será bom colocar os paletes na altura certa, se não resolvermos os problemas de estresse gerados pelas avarias incessantes da máquina, será inútil”. diz Evelyne Escriva, Gerente de Projetos da Agência Nacional de Melhoria das Condições de Trabalho (Anact).

Programas de construção muscular em empresas

Na verdade, estamos começando a considerar programas de fortalecimento muscular nas empresas. “Nos últimos dois anos, temos trabalhado com canadenses para adaptar seu programa de prevenção de deficiências Previcap na França”, explica o Dr. Michel Morel-Fatio, chefe da unidade de avaliação e reabilitação da dor no Centro Coubert ( 77). É uma questão de identificar nas empresas, parceiros dos centros de reeducação, as pessoas que podem parar por causa das costas e treiná-las. A empresa teria sucesso financeiro porque as paralisações do trabalho poderiam ser evitadas. Esperamos começar em 2010. ”

Três perguntas para o Dr. Bernard Salengro, médico do trabalho e secretário nacional do CFE-CGC Executive Union

Você pesquisa os executivos duas vezes por ano em seu nível de estresse. Que lições você tira disso?

Nosso barômetro de estresse mostra níveis razoavelmente altos e estáveis ​​ao longo do tempo. O fator estresse está bem estabelecido nos últimos anos, o que mostra a importância e consistência do fenômeno. Para mim, é um problema de saúde pública número um.

Você sempre faz uma pergunta sobre dor nas costas, por quê?

No barômetro de março de 2009, 47% dos executivos dizem ter dores nas costas e 69% dizem que estão tensos ou tensos por causa de seu trabalho. No entanto, eles não carregam sacos de cimento! Essas dores são explicadas pelas tensões no trabalho.

Para você, a ligação entre estresse e dor nas costas é óbvia?

As pessoas falam sobre isso frequentemente em consulta. Um ambiente de trabalho estressante aumenta a dor nas costas, especialmente para as pessoas que ficam sentadas o dia todo na frente de uma tela e têm uma deficiência muscular.

Maneiras simples de viver um estilo de vida saudável

Maneiras simples de viver um estilo de vida saudável

A frase ‘estilo de vida saudável’ é uma definição abreviada de como você deve viver se quiser obter o corpo mais saudável possível – um que pareça bom e se sinta bem. Você conhece os comportamentos óbvios que descrevem alguém que é saudável e cuida de si. Uma pessoa saudável não fuma, tenta manter um peso saudável, come alimentos saudáveis ​​com muitas frutas, vegetais e fibras e, claro, exercícios regulares.

Depois, há outros elementos para adicionar à lista. Uma pessoa saudável também sabe como administrar o estresse, ter boa qualidade de sono a cada noite, não bebe demais, não sente muito – basicamente, faz tudo com moderação o tempo todo. Quando você olha para tudo o que poderia entrar em um estilo de vida saudável, você pode ver o quão difícil todas essas coisas estão em nosso mundo atual.

A boa notícia é que você não precisa mudar tudo ao mesmo tempo. Na verdade, o truque para uma vida saudável é fazer pequenas mudanças – tomar mais passos a cada dia, adicionar frutas ao seu cereal, tomar um copo extra de água, ou dizer ‘não’ para aquela segunda porção de purê de batatas amanteigadas Uma coisa que você pode fazer agora para tornar seu estilo de vida mais saudável é se mover mais.

Aqui está porque você precisa mover mais
Você sabe que precisa se exercitar, mas há muitas desculpas para não fazer isso. Você está muito ocupado, não sabe por onde começar, você não está motivado ou tem medo de se machucar. Talvez você pense que o exercício tem que ser realmente difícil ou não é bom o suficiente.

Qualquer que seja a definição que você tenha sobre o que é ou não é exercício, o resultado é que o exercício é movimento. Seja andando pelo quarteirão ou correndo uma maratona, esse movimento é exercício e toda vez que você se move mais do que o normal isso conta.

É ótimo se você pode passar algum tempo se exercitando – o que significa que você está suando, trabalhando em sua zona alvo de frequência cardíaca ou fazendo algo para fortalecer seu corpo. Mas nem sempre tem que ser assim. Atividades moderadas como tarefas domésticas, jardinagem e caminhada podem fazer a diferença.

Os benefícios de mover mais
A grande coisa sobre a mudança é que apenas alguns minutos por dia podem ter benefícios duradouros, muitos dos quais você pode nem ter consciência.

Apenas alguns dos benefícios incluem:

Reduz o risco de doença cardíaca, derrame e diabetes
Melhora a estabilidade das articulações
Aumenta e melhora a amplitude de movimento
Ajuda a manter a flexibilidade com a idade
Mantém massa óssea
Previne a osteoporose e fraturas
Melhora o humor e reduz os sintomas de ansiedade e depressão
Melhora a auto-estima
Melhora a memória em idosos
Reduz o estresse
Mesmo se você optar por pequenas mudanças e uma perda de peso mais modesta, você pode ver que os benefícios ainda são bastante surpreendentes.

Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças observam que, se você está acima do peso, a redução de 5% a 10% do peso corporal total pode ajudar a reduzir a pressão arterial, o colesterol e o açúcar no sangue.

Na verdade, você nem precisa ter uma meta para perder peso, especialmente se tiver problemas para aderir a um programa. Por que não se concentrar em ser saudável para começar e se preocupar com a perda de peso depois que tiver alguns hábitos saudáveis? seu cinto?

Maneiras simples de mover seu corpo
Você pode iniciar o processo de ser saudável e, agora, adicionar um pouco mais de atividade à sua vida. Se você não estiver pronto para um programa estruturado, comece pequeno. Cada bit conta e tudo se resume a queimar mais calorias.

Desligue a TV e o computador. Uma vez por semana, desligue a TV e o computador e faça algo um pouco mais físico com sua família. Jogue, dê uma caminhada, faça quase tudo que for mais ativo do que sentar no sofá.
Ande mais. Procure pequenas maneiras de andar mais. Ao receber a correspondência, caminhe pelo quarteirão, leve o cachorro para um passeio extra a cada dia ou caminhe na esteira por cinco minutos antes de se preparar para o trabalho.

Leia também: Cromofina funciona
Faça algumas tarefas. Removendo a neve, trabalhando no jardim, limpando as folhas, varrendo o chão – esse tipo de atividade pode não ser um exercício vigoroso, mas elas podem mantê-lo em movimento enquanto coloca sua casa em ordem.
Correndo enquanto você fala. Quando você estiver no telefone, ande de um lado para o outro ou até faça alguma limpeza enquanto conversa. Essa é uma ótima maneira de se manter em movimento enquanto faz algo que você gosta.
Estar ciente. Faça uma lista de todas as atividades físicas que você faz em um dia típico. Se você achar que a maior parte do seu tempo é gasto sentado, faça outra lista de todas as maneiras pelas quais você poderia se movimentar mais – levantando-se a cada hora para alongar ou caminhar, andar pelas escadas no trabalho, etc.
Comer bem sem ser infeliz
Comer uma dieta saudável é outra parte do estilo de vida saudável.

15 truques para perder peso e perder peso sem fazer dieta

15 truques para perder peso e perder peso sem fazer dieta

Com essas quinze dicas, endossadas por uma nutricionista especializada, você aprenderá a comer e a ter uma dieta saudável sem fazer muitos sacrifícios.

Leia também: Womax gel lipo funciona 

Perder peso e perder peso pode ser uma tarefa difícil, porque você tem que equilibrar uma boa dieta com uma prática esportiva moderada; Mas perder peso não é apenas queimar calorias, é aprender a comer e ter uma rotina saudável.

A utopia desejada por todos é perder peso sem restrições de comida. Para isso, a Dra. Paula Rosso, especialista em nutrição do Centro Médico Lajo Plaza – localizado em Madri – nos dá o conselho adequado para alcançá-lo.

Nós recomendamos …
Falso, que os ovos que comem elevam o colesterol Nozes reduzem o colesterol e os triglicérides no sangue
1. Antes de ir dormir, dois copos de água
De acordo com um estudo da American Chemical Society, esse gesto previne a obesidade e aumenta a perda de peso.

2. Tire sonecas sempre que puder
Sem descanso adequado, o corpo não consegue completar seus processos depurativos e regenerativos. Dormir em um contexto de dieta saudável e vida ativa, seria de grande ajuda ao perder peso.

3. tomar sol
A deficiência de vitamina D está relacionada ao excesso de peso e ao acúmulo de gordura na região do abdômen. A vitamina D é lipossolúvel, ou seja, acumula-se em gordura e há estudos que mostram que a ação dessa vitamina junto com o cálcio estimula no adipócito o uso da gordura como fonte de energia. 20 minutos de exposição solar moderada por dia é suficiente.

4. Coma o Chile
Pimenta, por um lado contêm capsaisinas, que têm um efeito termogênico; por outro lado, geram um efeito de saciedade.

5. Coma pepino e grapefruit
Substitui o suco de laranja por suco de grapefruit: essa fruta ajuda a metabolizar as gorduras, especialmente se consumida com o estômago vazio. Pepino, entretanto, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue devido ao seu baixo índice glicêmico. Graças ao ácido tartrônico, inibe a transformação de carboidratos em gorduras.

6. Coma fruta entre as refeições
Se você não pode desistir como sobremesa, as melhores opções são kiwi e abacaxi. O kiwi contém uma enzima proteolítica chamada actidina que, como ocorre com a bromelaína do abacaxi, ajuda a decompor as proteínas e promove a digestão.

7. Chocolate, melhor amargo
O chocolate escuro é hipocalórico, mas é essencial, devido ao seu alto teor de zinco, para fortalecer o sistema imunológico e reduzir a inflamação. Nunca com leite, que é mais rico em gorduras e açúcares. O tempo ideal seria à tarde, pois fornece triptofano um precursor da serotonina, o hormônio da felicidade e da saciedade.

Nós recomendamos …
Obesidade retarda a eliminação do vírus da gripe Não come frutas e legumes? Você está em risco de ter câncer
8. Proteínas do jantar

Jantar apenas proteína é um bom hábito, mas temos que tentar fazê-lo acompanhado por vegetais de baixo índice glicêmico. Evite carboidratos, que são automaticamente transformados em acumulações de adiposidade localizada.

7. Para sobremesa, uma infusão
O chá verde é perfeito, porque é um ótimo antioxidante por seu alto conteúdo de catequinas e isoflavonas e também tem um efeito depurativo. O mesmo se aplica ao dente-de-leão, ação desintoxicante ou cardo mariano, que impede a peroxidação dos lipídios.

10. Adote a programação em inglês
Tente antecipar seus horários de refeição em uma hora: comer cerca de uma hora da tarde e jantar às oito é muito mais saudável e, a longo prazo, é exibido na escala.

11. Sem gás, por favor
As bebidas carbonatadas não engordam, mas podem inchar e causar distensão abdominal. Fuja da água mineral com gás.

12. Use menos o microondas
Além disso, devemos evitar alimentos pré-cozidos, devemos ter em mente que submeter alimentos a altas temperaturas faz com que eles percam vitaminas e princípios ativos.

13. Apenas produtos sazonais
Quando encontramos, por exemplo, melões no inverno, isso significa que eles foram submetidos a diferentes processos tecnológicos.

14. Um ‘lanche’ antes de dormir
Um estudo diz que tomar 150 calorias na forma de proteína 30 minutos antes de dormir, estimula o metabolismo e aumenta a massa muscular. Tem sua lógica, nos dá uma contribuição de aminoácidos que podem ser usados ​​para construir massa muscular.

15. lanches saudáveis
Se você vai botanizar, é melhor optar por alimentos que geram um sopro de serotonina e endorfina, de modo que

SUPLEMENTOS PARA CELULITE E ESTRIAS

SUPLEMENTOS PARA CELULITE E ESTRIAS

Celulite é a aparência irregular da pele provocada por bolsas de gordura que se acumulam em certas áreas do corpo, incluindo as nádegas e coxas. Muitos produtos se orgulham de redução de celulite, mas você pode ajudar a afastar esses depósitos de gordura, aumentando a ingestão de certas vitaminas. Embora as vitaminas não possam livrar completamente o corpo da celulite, elas podem ajudar a combatê-lo e reduzir sua aparência.

A celulite é um fato da vida da maioria das mulheres. Causada por depósitos de gordura subjacentes que empurram através de camadas de fibras de Colágeno, não há nada de ruim ou errado em ter celulite e não há razão para você se sentir obrigado a se livrar dela.

Mas se você está preocupado com o aparecimento de celulite em suas coxas, quadris, butticks ou em outro lugar. Existem quatro suplementos para celulite que poderiam fazer o truque.

Saiba mais: Estrifree

SUPLEMENTOS VITAMÍNICOS PARA CELULITE
A vitamina A é solúvel em gordura e é um bom redutor de celulite porque aumenta a produção de colágeno, uma proteína que dá força e estrutura à sua pele. Também ajuda a incentivar a produção de células no seu corpo. Você pode tomar vitamina A em um suplemento, ou você pode encontrá-lo em frutas e legumes, como cenoura, abóbora, melão, couve e espinafre. Também é encontrado em carnes, como carne bovina e fígado, e laticínios, como ovos e leite.

A vitamina C é usada na redução da celulite devido ao seu papel necessário na produção de colágeno e sua capacidade de ajudar a reparar as células vermelhas do sangue. Também é um antioxidante, mantendo as células da pele protegidas contra danos. Pelas mesmas razões, a vitamina c também pode ajudar a afastar suas rugas. Você pode obter vitamina c em um suplemento ou de muitas frutas e legumes, incluindo laranjas, pimentões vermelhos e verdes, kiwi e morangos.

As vitaminas do complexo B, que compreendem 10 vitaminas e ácidos separados, trabalham em conjunto para promover as células sanguíneas saudáveis ​​e a atividade dos tecidos. As vitaminas do complexo B mais conhecidas pelas suas propriedades de combate à celulite são a vitamina B2, que ajuda na oxidação do tecido, e a vitamina B6, que ajuda na utilização de proteínas e gorduras. A vitamina b2 é encontrada em alimentos como queijo cottage, vegetais de folhas verdes, fígado, ovos e ervilhas, enquanto a vitamina B6 é encontrada no melaço, leite e fígado. Para todas as vitaminas do complexo B, experimente o germe de trigo. Você também pode tomar vitaminas do complexo B em um suplemento.

A vitamina E solúvel em gordura ajuda a combater a celulite devido às suas propriedades antioxidantes. A vitamina e também ajuda o corpo a obter oxigênio para as camadas da pele, permitindo a descarga de gordura que causa a celulite. A vitamina e pode ser um dos principais ingredientes em cremes para a pele, mas você pode obtê-lo de um suplemento ou de alimentos como salmão, azeitonas e vegetais de folhas verdes.

Não há cura milagrosa para a celulite, mas suplementos como Óleo de peixe podem ajudar. O Óleo de peixe contém ácidos graxos ômega-3, que podem ajudar na circulação, reduzir a pressão alta e baixar o colesterol. Todos esses benefícios mantêm as paredes celulares da sua pele mais saudáveis. E quanto mais saudáveis ​​forem as paredes celulares, menor a probabilidade de desenvolver celulite.

A erva gotu kola é frequentemente usada na medicina herbal como um tratamento para a celulite e flacidez da pele. Em estudos, alguns participantes relataram ter visto melhorias em sua pele, incluindo celulite e estrias. É importante ter em mente que existem alguns efeitos colaterais associados a este suplemento que incluem náusea, tontura, dor de cabeça e sonolência.

SUPLEMENTOS PARA ESTRIA
Estrias – Os suplementos de flexibilidade da articulação contêm glucosamina, condroitina e metilsulfonilmetano, ou MSM. A Glucosamina é essencial para a construção de tendões, ligamentos, cartilagem e fluido de amortecimento em torno das articulações. A condroitina ajuda a manter a cartilagem saudável, enquanto a MSM pode inibir a degeneração articular.

Estudos mostram que a glucosamina é especialmente eficaz para aliviar a dor nas articulações e os sintomas da osteoartrite. Pode também impedir a degeneração do colágeno e melhorar a amplitude de movimento.

O exercício para construir e alongar os músculos também ajuda as articulações, porque os músculos suportam o movimento das articulações. Seus músculos dependem de diferentes nutrientes para força e flexibilidade, no entanto.

Cerca de 15 por cento de um músculo esquelético é constituído pelos tecidos conjuntivos colágeno e elastina, relata a cinética humana. O colágeno é bastante forte, enquanto a elastina fornece a elasticidade necessária para a flexibilidade. A vitamina c é um dos nutrientes mais importantes para a síntese de colágeno e elastina porque seu corpo não pode produzi-los sem ela.

Seus suplementos também devem conter cobre porque funciona com vitamina c para produzir elastina. A vitamina A, zinco e ferro são nutrientes adicionais necessários para o colágeno.

A proteína é essencial para construir e reparar músculos e tecidos conjuntivos. A maioria das pessoas pode obter toda a proteína de que necessita através de uma dieta equilibrada, mas se você usar suplementos de proteína, considere a compra de uma proteína em pó que também contenha as vitaminas e minerais que a sustentam.

Seu corpo precisa de manganês para sintetizar cartilagem e colágeno saudáveis. Este mineral também serve como um antioxidante que estimula o sistema imunológico.

Os ácidos graxos ômega-3 encontrados no Óleo de peixe são bem conhecidos por seus benefícios cardiovasculares, mas também promovem a síntese protéica nos músculos, de acordo com um estudo da Clinical Science em novembro de 2012. Neste papel eles podem ajudar a manter o tônus ​​muscular e a flexibilidade .

Esteja ciente de que a condroitina e a glucosamina podem aumentar o risco de sangramento se você tomar suplementos em grandes doses. As mulheres grávidas devem evitar a condroitina e a glucosamina, porque são necessárias mais pesquisas para provar que são 100% seguras.

A glucosamina é frequentemente feita a partir de marisco. Se você é alérgico ao marisco, verifique o rótulo para ter certeza de que o produto é seguro para você.

O zinco, ferro e vitamina A na forma de retinol podem se tornar tóxicos em grandes quantidades. A sua ingestão diária total de alimentos e suplementos não deve exceder 100 por cento do valor diário, a menos que o seu prestador de cuidados de saúde o aconselhe a receber mais.

Se você tomar algum tipo de medicamento de prescrição para celulite e estrias, converse com seu médico para ter certeza de que ele não irá interagir com os suplementos.

Emagrecimento

Emagrecimento

O objetivo dessa página é reunir as melhores informações sobre Como Emagrecer Com Saúde. Aqui você aprenderá:

As dietas que mais estão em evidência no momento
Estratégias (sensatas) para emagrecer e continuar magro
Receitas práticas, deliciosas e que vão deixar seu corpo como você deseja
As dietas mais usadas. E pode ter certeza, alguma delas vai servir para você:

Os Únicos 2 Reais Motivos Pelos Quais Você Não Consegue Emagrecer – E o Que Fazer a Respeito
Dieta Low-Carb: O Que É, e Qual A Melhor Opção Para Você
Como Iniciar E Triunfar Em Uma Dieta Low-Carb
Os 3 Melhores Exercícios Para Emagrecer Com Dieta Low-Carb
Dieta Paleolítica:
Tudo que você precisa saber sobre a dieta Paleo
Os 4 Melhores Suplementos Paleo (Aprovados pelo Mark Sisson)
5 Motivos pelos quais Você Pode Precisar de Mais Proteína – Mesmo Estando em uma Dieta Paleo
O que é FODMAP: A verdade sobre os FODMAPs e a Saúde do Seu Intestino

Saiba mais: Kifina o que é

Os 11 Reais Problemas do Trigo (Não É Apenas Glúten!)
Autoimunidade: O Que É, Por Que Acontece E 2 Protocolos Alimentares Para Doenças Autoimunes
Tireoide: Hipotireoidismo, Autoimunidade E A Dieta Paleo
Você Tem Problemas Na Tireoide? 10 Sinais E Sintomas Comuns De Hipotireoidismo
Dieta Primal E Dieta Paleo — Qual É A Diferença Entre Elas?
Dieta Low-Carb, Cetogênica e Cetose:
Tudo Sobre A Cetose – A Dieta Cetogênica, Os Corpos Cetônicos, Os Sintomas E O Passo A Passo Para Entrar Em Cetose E Queimar Gordura
Será Que Isso Vai Me Tirar da Cetose? As principais perguntas respondidas
Dieta Cetogênica: Cardápio, Receitas e Alimentos Permitidos
8 Suplementos Para Maximizar Sua Dieta Cetogênica
Dieta Cetogênica: Respostas Para As 20 Principais Perguntas
A Dieta Cetogênica É Para Todo Mundo? — 8 Motivos Para Não Fazer
Proteína E Dieta Cetogênica: “Excesso” De Proteínas Tira Da Cetose?
A Dieta Cetogênica Faz Mal Para A Tireoide?
Lista De Compras Completa Para A Dieta Cetogênica
Lista De Alimentos Low-Carb A Consumir, Moderar E Evitar — E Por Que Fugir De Listas De “Proibidos”
Quantos Gramas De Carboidratos Comer Por Dia Para Emagrecer E Melhorar Sua Saúde?
Lanches Na Dieta Low-Carb: Conheça As Melhores Opções De Lanches Saudáveis E Baixos Em Carboidratos Para Todas As Horas
Dieta Cetogênica E Deficiência De Vitamina C — Será Que Você Deveria Se Preocupar?
7 Mitos Sobre O Consumo De Gordura Na Dieta Low-carb Ou Cetogênica
Queijos Na Dieta Low-Carb: Quais Preferir, Perigos E Benefícios do Queijo E Dos Laticínios
Gripe Low-Carb: Sintomas E Dicas Contra Os Efeitos Colaterais Do Início Da Dieta Low-Carb
Os 6 Erros Mais Comuns Na Dieta Low-Carb: Conheça-os E Descubra Como Evitá-los Para Ter Sucesso No Emagrecimento
Dieta Dukan:
As 4 fases
Alimentos permitidos
Nova dieta Dukan
Dieta Atkins:
Todas as regras
Alimentos permitidos e dicas
Resumo da Dieta Atkins
Dieta Slow Carb:
As 5 regras da Dieta Slow Carb
Como Dominar A Arte Do Tempero: 5 Dicas Para A Dieta Slow Carb
Dieta dos Pontos:
Dieta dos Pontos: A Original, a Nova e a dos Vigilantes do Peso – Tudo o que Você Precisa Saber
Calculadora e Lista de Alimentos
Nutrição e Alimentos
Jejum Intermitente:
Jejum Intermitente Para Iniciantes – O que é, Benefícios e Tudo O Que Você Precisa Saber
As 5 Maneiras Mais Populares de Praticar o JI
Jejum Faz Mal? O Que Responder Quando Alguém Critica Seu Jejum Intermitente
As 11 Principais Dúvidas Sobre Jejum Intermitente, Respondidas
Dieta Vegetariana / Vegana:
Como Seguir Uma Dieta Low-Carb Se Você É Vegetariano Ou Vegano – Um Guia Para Iniciantes
12 Erros Comuns De Uma Dieta Vegetariana Ou Vegana
15 Dicas De Saúde Para Vegetarianos E Veganos
Reeducação Alimentar (R.A.):
Como Melhorar Seus Resultados, Evitar Platôs e Impedir Recaídas: 12 Dicas Imperdíveis Para Otimizar Sua Dieta

Como Emagrecer Rápido: 3 Passos Simples Para Perder Peso Baseados Em Ciência


Conheça a Planilha do Emagrecimento e Comece A Emagrecer Sem Fazer Esforço
Cardápios e Listas de Alimentos
Receitas
Comer De 3 Em 3 Horas: E Se Tudo O Que Te Contaram Até Hoje For Uma Mentira?
Suco Detox Emagrece? Descubra O Que São Os Populares Sucos Desintoxicantes E Se Eles Realmente Fazem Secar Barriga
Biohacking: Conheça Os 3 Melhores Hacks Para Sua Dieta
15 Dicas Práticas Para Quebrar O Platô De Perda De Peso E Destravar O Emagrecimento
Compulsão alimentar – O que é esse transtorno (TCAP)
3 Dicas Para Lidar Com A Vontade De Doces Na Low-Carb
Insulina E Resistência À Insulina – Um Guia Definitivo
Velocidade De Perda De Peso E Comparações Com Os Amigos
Dieta Low-Carb No Tratamento Do Diabetes Tipo 2
Colesterol: Será Que Você Deveria Ter Medo Dele?
Quantidades de Carboidratos dos Principais Alimentos – Frutas, Verduras, Legumes, Bebidas, Adoçantes, Laticínios E Muito Mais
Quantos Gramas De Carboidratos Comer Por Dia Para Emagrecer E Melhorar Sua Saúde?
Proteína: Benefícios, Mitos, Quanto Comer E Alimentos Ricos Em Proteína
Alimentação Low-Carb E Melhores Exercícios Para Manter A Forma Viajando
Carboidrato Ou Gordura: Qual O Combustível Preferido Do Seu Motor?
6 Benefícios Das Dietas Low-Carb Comprovados Pela Ciência
Doença Celíaca: O Guia Definitivo Para Celíacos
Calorias: Elas Importam Para Emagrecer?
Sair Da Dieta: Dia Livre E Refeição Livre Ajudam Ou Atrapalham?
Dia do Lixo: 3 Motivos e 4 Dicas Para Adicionar o Dia do Lixo Agora Mesmo em Sua Dieta
Dia Do Lixo Na Dieta Paleo – Como E Por Que Fazer
As Melhores Dicas Rápidas Para Emagrecer
À medida que novos artigos sobre esse tema forem escritos, eu os organizarei aqui nessa página de modo prático e ordenado para sua melhor leitura.

Para você ser o primeiro a receber esses novos artigos basta colocar seu email no campo abaixo:

ÓLEOS CORPORAIS PARA USAR NO BANHO

ÓLEOS CORPORAIS PARA USAR NO BANHO

Não faz muito tempo que eu comecei a usar óleos para hidratar o corpo. Na verdade, eu demorei pra colocar o produto na minha rotina por acreditar em alguns mitos sobre ele. Foi só depois de ler uma matéria mais completa sobre óleos corporais que eu decidi dar uma chance pra eles.

Leia também: Óleo de Argan como usar

Claro que não demorou muito pra eu me apaixonar e ficar totalmente dependente desse produtinho milagroso. Hoje eu não posso mais negar seus benefícios: ele realmente deixa a pele mais macia, iluminada, com toque aveludado e um perfume super gostoso que dura o dia inteiro. Como não amar?

Além do tradicional óleo corporal também as versões para banho que são muuuuuuuito mais práticas! É só passar em todo o corpo quando a pele estiver molhada, deixar ele agir na pele uns minutinhos, enxaguar e depois se secar com a toalha. O resultado vocês sente na hora!

Fiz uma listinha com os meus favoritos pra você experimentar também. Olha só:

Óleo Corporal Carmelito – O Boticário
o-boticario-carmelito_oleo-corporal-bifasico
“Contendo caramelo em sua fórmula, o óleo corporal é super prático e hidrata durante o banho. Bifásico ele hidrata por até 48 horas e deixa sua pele perfumada na medida com aquele cheiro docinho que você adora.” Compre aqui

Óleo Corporal Bifásico Bromélia – L’Occitane Au Brésil
loccitane-au-bresil-bromelia
“O Óleo Bifásico Bromélia desodoriza a pele, deixando-a levemente perfumada com uma radiante fragrância floral. Suas propriedades suavizantes e hidratantes proporcionam maciez e conforto para a pele, sem toque pegajoso.” Compre aqui

Óleo Hidratante Lichia – O Boticário
o-boticario-lichia_oleo-hidratante
“Tem um jeito supergostoso de hidratar e ao mesmo tempo proteger a sua pele: fazendo um tratamento diário no banho. Com os óleos hidratantes e perfumados da linha Nativa SPA, aquele momento de relaxamento vai renovar a sua pele. Criando uma camada protetora por todo o seu corpo, o óleo exótico de lichia ajuda a combater o envelhecimento e ainda espalha o delicioso aroma dessa fruta. Deixe seu corpo sentir esse prazer todo dia.” Compre aqui

Óleo de Banho Hidratante Amande – L’Occitane
o-boticario-amande-shower-oil
“Em contato com a água transforma-se em uma espuma leve e cremosa – uma textura original e única – que deixa a pele macia e acetinada. Rico em óleo de Amêndoa e óleo de semente de uva deixa a pele suave e hidratada. Limpa suavemente e deixa um perfume delicado.” Compre aqui

Óleo de banho Peach Skin – The Beauty Box
the-beauty-box-peach-skin
“O Óleo de Banho Peach Skin Bombom de Baunilha, da Produtinhos da Beauty, hidrata a sua pele durante o banho e tem um blend de óleos que deixa a sua pele macia e aveludada como um pêssego. Além disso, tem emolientes que fecham os poros, evitando a desidratação. Ah, e tem o delicioso cheirinho doce e confortável de bombom de baunilha.” Compre aqui

Como Fazer Máscaras Faciais Naturais

Como Fazer Máscaras Faciais Naturais

Neste Artigo:Máscara facial de OvoMáscaras Faciais de FrutasMáscaras faciais de VegetaisMáscaras faciais doces

Você está cansada de comprar produtos caros que deixam sua pele ainda pior?Abaixo serão mostradas 11 máscaras faciais que provavelmente podem ser feitas com ingredientes da sua casa. Elas são todas naturais e a melhor parte é que funcionam.

Leia também: Máscara Preta o que é

Método
1
Máscara facial de Ovo
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 1
1
Faça uma máscara facial de ovo. A clara do ovo comprime os poros, dando um efeito de lifting facial temporário, assim como o limão que tem vitamina C remove cravos e outras manchas.
Bata uma clara de ovo com um garfo até que ela fique espumosa.
Coloque algumas gotas de suco de limão e aplique na face até secar. Estará seco quando você sentir dificuldade para sorrir.
No final enxágue a máscara.
Método
2

Leia também: Máscara Preta pra que serve

Faça uma máscara com tomates. Os tomates contém licopeno, que desacelera o envelhecimento da pele.[citação necessária]
Coloque uma colher cheia de açúcar cristal em um prato.
Cubra com açúcar um lado de uma fatia de 60 m de tomate.
Esfregue o tomate na cara e deixe por aproximadamente 10 minutos e enxágue. Sinta-se livre para comer o tomate.
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 2
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 3
2
Faça uma máscara facial de morango. Os morangos contém hidroxiácido que limpa as células mortas da pele, e ácido salicílico que eliminar o excesso de oleosidade que causa entupimento de poros.[citação necessária]
Corte um morango grande no meio.
Esfregue na cara.
Deixe por 5 minutos.
Enxágue.
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 4
3
Faça uma máscara de pomelo. Os ácidos do pomelo impulsionam a renovação celular, deixando você com a pele fresca, e a vitamina C aumenta o colágeno, deixando sua pele com uma aparência mais macia.[citação necessária]
Misture o suco de 1 pomelo com açúcar o bastante para fazer uma pasta.
Aplique no rosto úmido no chuveiro.
Deixe por apenas 1 minuto.
Enxágue completamente.
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 6
4
Faça uma máscara facial com abacate e hamamélis. O abacate tem vitamina E que é perfeita para peles secas, e o hamamélis remove o excesso de oleosidade assim como as impurezas.
Amasse a polpa de um abacate.
Misture algumas gotas de hamamélis.
Deixe no rosto por 5 minutos.
Enxágue.
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 9
5
Faça uma máscara facial com pêssego e aveia. Assim como o morango, o pêssego contém hidroxiácido, e a aveia amacia e acalma a pele seca.
Amasse um pêssego maduro junto com uma colher de sopa de aveia e mel.
Aplique por 10 minutos.
Enxágue.
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 11
6
Faça uma máscara facial de banana. As bananas tem ácidos naturais da fruta que acabam com a pele seca.
Amasse uma banana madura com 2 colheres de sopa de iogurte.
Aplique por 15 minutos.
Enxágue.
Método
3
Máscaras faciais de Vegetais
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 7
1
Faça uma máscara facial com abóbora e mamão. A abóbora é cheia de antioxidantes. Já o mamão contém uma enzima que remove oleosidade e a pele morta.
Misture um copo de abóbora amassada com 2/9 copos de mamão amassado.
Aplique no rosto limpo e seco.
Deixe na pele por cerca de 10 minutos.
Enxágue.
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 10
2
Faça uma máscara facial de pepino. O pepino contém propriedades de resfriamento que reduzem a vermelhidão, inchaço e inflamação; é por isso que é recomendado colocar pepinos em olhos inchados.
Bata meio pepino com uma colher de sopa de iogurte no liquidificador.
Aplique por 20 minutos.
Enxágue.
Método
4
Máscaras faciais doces
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 5
1
Faça uma máscara facial com açúcar mascavo e leite. O açúcar mascavo é um esfoliante natural que remove a pele morta, e o leite limpa a pele. Misture 1 copo de açúcar mascavo com 1 colher de sopa de leite. Esfregue no rosto por 60 segundos e deixe por 15 minutos. Enxágue.
Imagem intitulada Make All Natural Face Masks Step 8
2
Faça uma máscara facial de iogurte e mel. O mel amacia e umedece a pele seca, e o iogurte tem ácido lático que rejuvenesce a aparência.
Coloque uma colher de chá de mel para 2 colheres de sopa de mel. Coloque no micro-ondas por 15 segundos para derreter o mel um pouco (opcional).
Aplique por 10-15 minutos.
Enxágue.
Imagem intitulada Make a Basic Homemade Facial Scrub Step 13
3
Faça uma máscara facial com mel e azeite de oliva. Isso ajuda na diminuição de acne e manchas, além de clarear a pele.[citação necessária]
Misture 1 colher de chá de mel e uma colher de chá de óleo. Aqueça no micro-ondas por 10 segundos.
Aplique a pasta no rosto e deixe por 10 minutos.
Enxágue.
Dicas
Coloque fatias de pepino nos olhos para reduzir bolsas enquanto espera o tempo da máscara acabar.
Se não tiver mamão, não se preocupe. Abacaxi funciona tão bem quanto.
Você está sem pêssego? Ameixas e nectarinas também tem hidroxiácido..
Coloque sachês de chá debaixo dos olhos para reduzir as bolsas do olhos.
Você não precisa fazer todos os passos. Escolha apenas um, mas certifique-se de escolher de acordo com o seu tipo de pele.
Os benefícios das máscaras são temporários. Se você fizer uma máscara que remova o excesso de oleosidade, a oleosidade voltará.
Avisos
Se você reagir a qualquer um dos ingredientes, não use-o. Ele pode irritar sua pele e causar acne.
Tente evitar a área do olho.
Apenas use máscaras compatíveis com o tipo da sua pele. Se você tiver a pele seca e usar uma máscara de ovo, sua pele vai ficar ainda mais seca.
Não misture várias máscaras para fazer uma “super máscara” – um ingrediente pode anular os benefícios do outro.

Receita de Chá de Gengibre e Limão para Emagrecer

Receita de Chá de Gengibre e Limão para Emagrecer

Receita de Chá de Gengibre e Limão para Emagrecer
Hoje o assunto é o chá de gengibre e limão, muito utilizado para emagrecer, já que acelera o metabolismo e libera toxinas do corpo.

Você já sabe que consumir os alimentos certos diariamente pode ser uma maneira de melhorar a saúde consideravelmente. O melhor de tudo é que com uma alimentação orgânica e natural é possível conseguir ótimos resultados com uma simples combinação de alimentos.

O gengibre e o limão são dois alimentos muito poderosos, ricos em vitaminas, que fazem muito bem para a saúde. O melhor de tudo é que podem ser consumidos diariamente e os resultados podem ser percebidos em pouco tempo. E são muitos benefícios, desde o emagrecimento até a prevenção de doenças como a depressão.

Conheça um pouco mais sobre estes alimentos incríveis e aprender a preparar o chá emagrecedor.

Leia também: chá de gengibre pra que serve

Benefícios do Gengibre e Limão para Emagrecer

O chá de gengibre e limão possui dois alimentos super poderosos. Quando consumidos diariamente tem o poder de fazer com que seu organismo funcione muito melhor. O limão deve ser tomado todos os dias em jejum e pode ser preparado da seguinte maneira: esprema o suco de meio limão em um copo e complete com água morna ou em temperatura ambiente.

O gengibre também pode ser consumido na água durante o dia inteiro, basta adicionar algumas lascas em um copo e consumir assim que sentir necessidade.

Benefícios do Limão para sua Saúde
O limão ajuda a melhorar o funcionamento do intestino, já que elimina as toxinas do trato digestivo. Também age contra os inchaços na região abdominal, fazendo com que seu organismo se relacione de uma forma mais leve com o que consome.

O consumo do limão também faz com que seu corpo elimine toxinas através da urina, sendo um poderoso diurético.

O limão é um alimento essencial para quem precisa fortalecer o sistema imunológico já que atua melhorando a absorção de ferro pelo organismo, é muito rico em vitamina C e também tem efeito anti-inflamatório. O limão também é rico em potássio, nutriente que regula a pressão arterial e melhora o funcionamento do cérebro.

Whey Protein GrowthWhey Protein Growth
Leia também:
Como fazer Chá de Hibisco com Gengibre para Emagrecer?

Baixa Imunidade: Sintomas, Causas, Tratamento e Suplementação

Colágeno: o que é, para que serve, benefícios, função, onde encontrar

O limão também é alcalinizante. O consumo diário de limão faz com que o os níveis de acidez do sangue diminuam.

Os antioxidantes e a vitamina C presentes no limão fazem muito bem para a pele. A fruta tem o poder rejuvenescedor, além do poder adstringente que faz com que a pele fique menos oleosa e livre de acne. O poder de cicatrização faz com que a pele melhore mais rapidamente de feridas.

O limão também é um ótimo auxiliar quando se trata de doenças como depressão e ansiedade, já que faz com que o corpo tenha mais energia e é excelente para melhorar o humor.

Além de tudo isso, o limão também é muito utilizado por quem deseja perder peso, já que desintoxica e contém muita pectina, uma fibra que aumenta a sensação de saciedade.

Benefícios do Gengibre para a Saúde
O consumo do gengibre faz você emagrecer, já que acelera o metabolismo e aumenta a produção de calor do corpo, promovendo a queima de gordura.

O gengibre também funciona para regular o intestino e diminuir os gases. Também é excelente na diminuição de náuseas e vômitos.

O gengibre é um excelente antioxidante, fazendo com que a pele envelheça de forma mais saudável e lenta, previne refriados e gripes e até o câncer. A raiz também tem ação anti-inflamatória, ótima para tratar doenças como a artrite e doenças respiratórias.

Chá de Gengibre e Limão para Emagrecer

INGREDIENTES
1 xícara de água
1 rodela de gengibre (mais ou menos 1 cm)
1 limão espremido

MODO DE PREPARO
Coloque uma panela com a água para esquentar;
Assim que começarem a subir as primeiras bolinhas, adicione o gengibre;
Ferva-o por 5 minutos e desligue o fogo e adicione o suco de limão.

O chá não precisa ser adoçado, mas se quiser pode adicionar um pouco de mel. A sugestão de consumo é todos os dias em jejum.

Começar a beber Chá de Gengibre e Limão para emagrecer pode ser o que falta para uma vida mais saudável e para potencializar o seu processo de emagrecimento. Viu só como dois ingredientes simples podem fazer coisas maravilhosas pelo seu corpo?

Queda de cabelo: quando se preocupar e como evitá-la

Queda de cabelo: quando se preocupar e como evitá-la

Quando se torna patológica, a queda de cabelo pode sinalizar ou levar a problemas mais graves

Mesmo que o termo remeta a algo negativo, causando arrepios em muita gente, a queda de cabelo não constitui necessariamente um problema. “A queda de cabelo é o desprendimento do fio de cabelo do couro cabeludo”, explica o Dr. Nilton de Ávila Reis, dermatologista da Clínica Doppio, especializada em tratamento capilar. “Faz parte do ciclo normal do cabelo, pois assim como outros animais, também trocamos constantemente nossos fios/pelos”, completa.

O grande problema e motivo de preocupação é quando essa queda de cabelo foge da normalidade. “Quando a quantidade de fios que caem é maior do que o esperado, temos uma queda de cabelos patológica, com diversas causas que precisam ser investigadas. Uma delas é a calvície”, diz Nilton.

Anda preocupada com os fios que vêm caindo no chuveiro ou pela casa? Continue lendo este guia sobre o assunto e acabe com as suas dúvidas.

Principais causas para a queda de cabelo

FOTO: ISTOCK

Quando o assunto é queda de cabelo, é comum pensarmos logo em calvície, mas são duas coisas diferentes. Segundo Nilton, a confusão ocorre por conta da sensação que muita gente tem de que, quando o cabelo cai, ele não volta mais, como ocorre na calvície. No entanto, embora a calvície possa afetar até 40 % das mulheres após a menopausa, de acordo com o especialista, existem outras causas comuns para a queda de cabelo feminino. Ele lista abaixo as principais:

Deficiência de vitaminas, proteínas e minerais: mesmo que a gente não se lembre disso o tempo todo, o cabelo é parte do nosso corpo e, como o restante dele, depende de nutrientes adequados para se manter saudável. Entre eles, o especialista cita a deficiência de ferro como um dos principais motivos para a queda de cabelo.

Leia também: Dermatologista aponta as 9 piores coisas que você pode fazer com seu cabelo

Medicações orais: diversos remédios apresentam como efeito colateral a queda de cabelo, entre eles antidepressivos, inibidores de apetite, anabolizantes, anticonvulsivantes, anti-hipertensivos, anticoagulantes, anti-inflamatórios, entre outros.

Anticoncepcionais: estão ligados à queda de cabelos em mulheres com sensibilidade às variações hormonais, podendo ocorrer durante o uso ou meses após sua interrupção.

Pós-parto: a culpa, novamente, é da variação hormonal, que inicia na gravidez e altera o chamado ciclo do pelo. A queda acentuada pode ocorrer por até 6 meses após o parto.

Distúrbios hormonais: doenças da tireoide, Síndrome dos Ovários Policísticos, além de doenças envolvendo hormônios como o cortisol também estão ligadas à queda de cabelo.

Agravos sistêmicos e doenças crônicas: lúpus eritematoso sistêmico, hepatite, sífilis, doença celíaca, doença de Crohn, entre outras podem ter a queda de cabelo como um dos sintomas.

Leia também: Cortes de cabelo: 250 fotos para inspirar sua mudança de visual

Hábitos de vida: o cabelo reflete bastante o equilíbrio ou não do nosso organismo, por isso, hábitos que provocam mudanças hormonais ou que dificultam a absorção de nutrientes como estresse, sedentarismo, tabagismo e má-alimentação podem refletir no problema.

Cuidados capilares inadequados: práticas incorretas de coloração, alisamentos e alongamentos levam à quebra do fio, seguida de queda. O mesmo vale para uma frequência inadequada de lavagens e uso de produtos que contribuem para a produção excessiva de sebo.

Problemas no couro cabeludo: por diferentes motivos, doenças como dermatites, psoríase, micose e outras do couro cabeludo enfraquecem os fios e podem resultar em queda.

Alopecia androgenética feminina: também chamada de calvície feminina, é uma condição hereditária caracterizada pela perda e não somente pela queda de cabelo. É tida como a principal causa de queda de cabelos em homens e mulheres.

Como é possível que você tenha notado, nem sempre é fácil identificar o motivo da queda de cabelo nas mulheres, visto que, muitas vezes, vários fatores contribuem para o problema. “A queda de cabelos em mulheres costuma ser multifatorial. Geralmente há participação de fatores genéticos, hábitos de vida e até dos cuidados com os cabelos”, explica Nilton. Sendo assim, é essencial fazer uma avaliação correta a fim de encontrar um tratamento adequado.

Leia também: 5 coisas que podem estar deixando seu cabelo mais oleoso e você nem imagina

Quantos fios é normal perder por dia?

FOTO: ISTOCK

Segundo Nilton, “é esperado que até 100 a 150 fios caiam todos os dias”. No entanto, o especialista reconhece que essa pode não ser a melhor resposta para a pergunta. “Apesar de classicamente ser usada como referência, a quantidade de fios que caem por dia não é um bom parâmetro na prática, já que é inviável ficar contando os fios”, acrescenta.

Sendo assim, ele chama atenção para outros indicativos que servem de alerta para uma queda patológica de cabelos. Entre eles, o especialista cita, por exemplo, notar uma maior quantidade de fios de cabelo no piso do banheiro, escova de pentear ou após o uso de secador, e o surgimento de fios de cabelo em locais inusitados, como na mesa de trabalho e em locais públicos.

Além dos fios soltos, Nilton diz que algumas mudanças sentidas ao toque ou quando nos olhamos no espelho também revelam o problema. Por exemplo, ao perceber uma maior dificuldade em ajeitar as madeixas, diminuição do volume capilar e até mesmo mudanças na forma e no comprimento dos fios, como a perda de cachos e de ondas. Em casos mais graves, é possível notar, inclusive a exposição do couro cabeludo.

Vale ressaltar que existem sim momentos em que o cabelo pode cair mais, como após o parto, durante a amamentação ou no período entre o fim do verão e o outono. “São quedas temporárias e que melhoram sem necessidade de intervenção. Em pessoas sem calvície ou outros motivos para queda, os fios retornam normalmente”, diz.

Leia também: queda de cabelo feminino

Como evitar a queda de cabelo

FOTO: ISTOCK

Embora algumas causas para a queda de cabelo sejam mais difíceis de controlar, pequenas atitudes do dia a dia podem contribuir para retardar ou diminuir o risco de desenvolver o problema. Veja algumas delas:

Leia também: Queda de cabelo após o parto: tudo o que você precisa saber

Cuidar do couro cabeludo: brilho, restauração, definição de cachos… Pode reparar como a gente sempre vai atrás somente do cuidado com os fios. Identificar a necessidade do couro cabeludo e buscar soluções adequadas é essencial para evitar a queda de cabelo.

Ter uma dieta balanceada: como dito anteriormente, a saúde do cabelo depende de ter nutrientes adequados, com quantidade suficiente de vitaminas, proteínas e minerais.

Manter hábitos saudáveis: como a pele e as unhas, o cabelo é reflexo do bom ou mau funcionamento do organismo, por isso, pratique exercícios regularmente e evite cigarros e a ingestão de bebidas alcoólicas.

Tenha boas noites de sono: poucas horas de sono ou noites mal dormidas são responsáveis por desequilíbrios hormonais no organismo que, por sua vez, podem causar a queda de cabelo.

Invista em momentos de lazer: já que o estresse é um dos fatores causadores da queda de cabelo, relaxar é fundamental para evitar o problema.

Evite remédios caseiros ou automedicação: mesmo polivitamínicos, aparentemente inofensivos, podem ocasionar queda dos fios.

Reduza o uso de química ou de procedimentos capilares: tinturas, alisamentos, chapinhas e babyliss alteram a estrutura dos fios, propiciando a quebra. Nos casos de procedimentos que cheguem ao couro cabeludo, eles podem estimular a queda ao causar irritações.

E quanto à frequência de lavagem? Diferente do que costuma dizer o senso comum, não existe uma regra. Tampouco é verdade que o melhor é lavar os cabelos a menor quantidade de vezes possível durante a semana, já que a oleosidade só piora o quadro. A recomendação, portanto, é, em caso de suspeita de algum problema nas madeixas, sempre buscar orientação com um dermatologista.

Atenção a estas vitaminas

FOTO: ISTOCK

Uma alimentação balanceada é fundamental para manter a saúde e o equilíbrio do organismo e, por consequência, das madeixas. No caso das vitaminas, é importante conhecê-las e saber onde encontrá-las, já que nosso corpo não é capaz de sintetizar essas substâncias essenciais para o equilíbrio capilar. “Tanto a deficiência quanto o excesso de algumas vitaminas pode causar queda de cabelo”, alerta Nilton. Saiba quais são essas vitaminas a seguir:

Vitamina A: também conhecida como retinol, é encontrada principalmente em frutas e vegetais coloridos, como cenoura, abóbora, brócolis e espinafre. Ela auxilia no processo de reprodução capilar, é antioxidante e ajuda na manutenção da oleosidade do couro cabeludo. Mas, cuidado! Seu excesso também está associado à queda.
Vitamina D: outros nomes para ela são ergocalciferol e colecalciferol. É a vitamina que o corpo produz quando exposto ao sol, mas também é possível encontrá-la no salmão, na sardinha e no atum, principalmente. De acordo com Nilton, ela participa da diferenciação das células foliculares, o que regula o ciclo do pelo.
Vitamina B3: também chamada de niacina, pode ser encontrada no fígado de boi, em peixes, cereais e em sementes oleaginosas, como amendoim e gergelim. Ela melhora a circulação sanguínea, o que acaba por nutrir os fios. Além disso, a niacina também auxilia nos processos anti-inflamatórios.
Vitamina B7: mais uma vitamina do complexo B, a biotina tem se mostrado eficaz no fortalecimento dos fios, assim como no combate ao ressecamento e à quebra. Suas principais fontes são as sementes oleaginosas.
Lembrando que essas são apenas as principais vitaminas cuja deficiência está ligada à queda de cabelo. Além delas, existem outras como quase todas as vitaminas do complexo B, e as vitaminas C e E.

Quais os tratamentos para a queda de cabelo?
Se você se identificou com o que foi dito ou suspeita que possa estar com uma queda de cabelo anormal, a melhor solução é procurar um especialista no assunto, seja um dermatologista ou um tricologista. Isso porque quanto mais cedo você procurar ajuda, mais chances você terá de reverter o quadro, o que também depende de encontrar o tratamento ideal para cada caso. Abaixo você encontra as principais opções de tratamento disponíveis atualmente:

Minoxidil tópico

FOTO: ISTOCK

Utilizado nos tratamentos de queda de cabelo e de calvície tanto masculina quanto feminina, o minoxidil deve ser aplicado somente nas áreas afetadas. Seu uso tem se mostrado bastante eficaz, com melhora do quadro entre 6 a 8 semanas de uso.

Laser de baixa potência

FOTO: ISTOCK

Embora ainda não se saiba exatamente de que forma atua o laser de baixa potência no tratamento capilar, sabe-se que ele auxilia no crescimento, espessamento e fortalecimento dos fios ao estimular a atividade celular, promovendo, além de crescimento capilar, uma regeneração tecidual.

Corticoides injetáveis

FOTO: ISTOCK

É indicado para o tratamento de alopecias cicatriciais (quando há substituição dos bulbos capilares por cicatrizes), e de alopecia areata, uma doença autoimune em que o organismo rejeita os cabelos. Esses remédios, aplicados nos locais afetados com a ajuda de uma injeção, têm efeito semelhante ao do cortisol e auxiliam como ação anti-inflamatória e suprimindo o sistema imunológico.

Suplementos nutricionais

FOTO: ISTOCK

Já que a saúde dos cabelos está relacionada à nutrição do organismo, suplementos podem ajudar no tratamento da queda de cabelo a medida em que corrigem deficiências de determinadas vitaminas, proteínas e minerais. Seu uso, no entanto, deve ser recomendado por um médico, após a realização de exames, já que o excesso de certas substâncias também está associado à queda.

Embora a queda de cabelo e a calvície também tenham um peso estético, vale ressaltar que todo e qualquer tratamento relacionado ao problema deve ser orientado por um médico, e nunca por clínicas de estética não especializadas, salões de beleza ou mesmo blogs na internet.

Como a queda de cabelo geralmente ocorre por uma série de fatores em conjunto, identificar cada um deles é fundamental para conseguir bons resultados e para não piorar ainda mais o quadro.

REMÉDIO PARA CÓLICA FEITO DE MACONHA GERA POLÊMICA

REMÉDIO PARA CÓLICA FEITO DE MACONHA GERA POLÊMICA

Será que o medicamento é realmente seguro? Veja a opinião de um especialista e tire suas próprias conclusões

De acordo com o fabricante, o produto alivia cólicas e não possui efeitos psicoativos. Foto: iStock_Starflamedia

Não é segredo que a maconha, apesar de ilegal é uma ótima erva medicinal. Por conta de substâncias como o CBD e o THC a cannabis ajuda no tratamento de diversas doenças como o câncer cerebral, a esquizofrenia, entre outras.

A novidade é que, de acordo com a Foria, empresa que cria produtos com propriedades medicinais da erva, a maconha também pode ser utilizada para frear aquela “cólica mostro” que te pega nos primeiros dias de menstruação.

O remédio vem em formato de supositório vaginal e se chama Foria Relief. O supositório é feito de manteiga de coco e óleo concentrado de THC e CBD. Os dois componentes trabalham juntos para diminuir as dores da cólica e relaxar os músculos. Isso tudo sem nenhum efeito psicoativo.

Leia também: Atroveran

“A região pélvica é a parte do corpo com mais receptores canabinoides, depois do cérebro”, diz o fundador da Foria, Mathew Gerson. “Utilizar essas substâncias em forma de supositório é uma alternativa natural.”

Gerson diz que a as planta tem sido usada de forma medicinal há muito tempo, e que é uma ajuda natural para aliviar os sintomas associados à menstruação. “Nossa intenção é compartilhar as poderosas propriedades medicinais desta planta, utilizando técnicas modernas de extração”, ele afirma.

Apesar da boa propaganda do Foria Relief, outros profissionais discordam dos efeitos causados pelo supositório. De acordo com entrevista da ginecologista Jennifer Gunter para o portal Vice, não existem pesquisas o suficiente para atestar que o medicamento realmente é seguro para o organismo.

Foto: Divulgação

“Nós não temos certeza de que a cannabis é compatível com a manteiga de cacau. Normalmente se faria um estudo para testar isso, mas ninguém testou nada até agora”, disse.

Como a erva não é legalizada no Brasil, o produto não estará disponível tão cedo em território nacional, porém quem está nos Estados Unidos consegue adquirir as pílulas a partir de uma recomendação médica expedida por algum dos estados legalizados dos Estados Unidos.